Fotógrafo assume protagonismo de sua obra e apresenta nova exposição e obra de destaque na SP-Arte 2019

Sergio Coimbra

Com curadoria de Marcello Dantas, a mostra entra em cartaz na ArtEEdições Galeria a partir de 29 de março e tem obra imersiva de destaque na próxima edição da SP-Arte, de 03 a 07 de abril.

Fotógrafo reconhecido por tratar a gastronomia como uma expressão da arte, Sergio Coimbra assume o protagonismo de sua obra em sua próxima exposição Supernova Sergio Coimbra.

Em uma sessão de fotos feitas na Itália com o chef Massimiliano Alajmo de Padova, Coimbra utilizou-se de uma técnica que denominou como spin e transformou ingredientes corriqueiros da cozinha, em cenas que lembram a forte explosão de cores e elementos em colisão, com grande similaridade ao evento cósmico que leva o nome de supernova. A partir destas imagens, nasceu a mostra e a obra imersiva que retratam um dos fenômenos mais fascinantes do universo.

Para SP-Arte 2019 será exibida parte do novo trabalho e a obra imersiva inédita Supernova – Domo, em que o espectador se deita como se fosse observar o céu por meio de um planetário – feito por um domo digital de cinco metros de diâmetro – que conta com projeções destas fotografias, onde o público poderá enxergar as luzes e beleza de um céu imaginário, repleto de supernovas. Uma visão poética da astronomia, por meio da gastronomia.

Já na ArtEEdições Galeria, será exibida a série completa com 13 obras, que estabelecem uma nova relação espacial para a arte, o teto. Por meio de pendentes de teto retro iluminados, as obras destacam e expandem a compreensão da imagem e dos ingredientes. Mais uma vez nesse projeto, Coimbra reforça o conceito de enxergar algo que está além do comum e trivial.

Para o curador da exposição Marcello Dantas, o macro, o universo e o desconhecido estão todos representados nas imagens de Coimbra, que borram as noções estabelecidas do que pode ser o espaço. “Esta série nos propõe a refletir sobre onde estamos na fronteira da razão e da imersão. É sobre ver coisas grandiosas nas pequenas coisas, como o universo em um grão de comida. É enxergar o planetário na dimensão de um prato e perceber a luz transformar tudo em volta”, afirma.

Na maioria dos casos, as imagens de uma supernova são frutos de uma simulação digital, produzidas por astrônomos a partir de uma reconstituição das ondas eletromagnéticas geradas no acontecimento que se quer ilustrar. Para sua interpretação acidental, Coimbra se aproveita de elementos do cotidiano, como os alimentos, e narra o crepúsculo de uma estrela de uma maneira nunca vista e, por isso mesmo, pela primeira vez registrada.

Marcello Dantas – Renomado curador de exposições, diretor artístico e documentarista, Marcello Dantas é o nome por trás de algumas das principais mostras de arte realizadas no Brasil, entre elas: AI WEIWEI RAIZ, sobre o mais relevante artista chinês contemporâneo; Hebe Eterna; CRU | Comida, transformação e arte; CICLO – Criar com o que Temos; Bossa na Oca, sobre os 50 anos da Bossa Nova. Assinou também a curadoria de exposições individuais no Brasil de artistas estrangeiros de renome, como Michelangelo Pistoletto, Antony Gormley, Patricia Piccinini, Cai Guo Qiang, Christian Boltanski, Anish Kapoor, Jenny Holzer, Gary Hill, Tino Sehgal, Peter Greenaway, Rebecca Horn, Bill Viola e Laurie Anderson, entre muitas outras.

Dantas é responsável por inovar o conceito de museologia atual, trazendo doses sem precedentes de inovação, em Museus como o Museu da Natureza (Parque Nacional da Serra da Capivara – Piauí), o Museu da Cidade de Manaus, o Museu do Carnaval (Colômbia), o Museu da Língua Portuguesa (São Paulo). Integrou também como diretor artístico o desenvolvimento da JAPAN HOUSE São Paulo projeto do governo japonês.

Sergio Coimbra – Um dos principais fotógrafos de alta gastronomia do mundo. Em 2011 ganhou o concurso do Festival Internacional de la Photographie Culinaire, de Paris, na França e em 2012 o prêmio de fotografia do 17th Gourmand Cook Book Award.

Coimbra criou um estúdio que se dedica exclusivamente à fotografia de alimentos com os chefs. Seu foco na gastronomia deriva de seu interesse em sabores e estética, em particular da relação entre luz e textura. Já fotografou pratos de chefs famosos e conhecidos mundialmente, como Alex Atala, Massimo Bottura, Heston Blumenthal, Daniel Humm, Irmãos Roca, Quique DaCosta, Gaggan Anand, Grant Archatz, Sawada e Mitsuharu Tsumura, dentre outros, transformando-os em obras de arte.

Publicou livros de grandes nomes da gastronomia mundial, como Chocolat, de Pierre Hermé; Fluidità e 178 hore in Brasile, dos irmãos Massimiliano e Raffaele Alajmo; Redescobrindo Ingredientes Brasileiros, de Alex Atala; Cozinha Brasileira de Vanguarda de Felipe Bronze; 3 Quique DaCosta, do Chefe Quique DaCosta; e Satoyama, de Yoshihiro Narisawa, que será publicado no meio do segundo semestre de 2019 pela editora Taschen. / (11) 3045-0760 / http://www.studiosc.com.br

Serviço:
Supernova Sergio Coimbra
SP-Arte 2019
De 03 a 07 de abril de 2019
Pavilhão da Bienal – Parque Do Ibirapuera, S/N – Portão 3 – Parque Ibirapuera – São Paulo
(11) 3077-2880
https://www.sp-arte.com/

ArtEEdições Galeria
De 29 de março a 28 de junho de 2019
De segunda a sexta-feira, das 10h às 19h. Recomenda-se agendamento prévio
11 3031-0142
Rua Estados Unidos, 1162 – Jardim América – São Paulo
http://www.arteedicoes.com.br/