Skip to main content

Esferas de Fabiana Tedeschi

Uma visita à instalação do artista americano James Turrell no Guggenheim Museum, em Nova York, foi o ponto de partida para a fotógrafa Fabiana Tedeschi criar a série Esferas

Fabiana Tedeschi

Ao observar a transformação da rotunda do icônico museu de Frank Lloyd Wright em um hipnotizante “Skyspace”, a fotógrafa se encantou com a obra Aten Reign – principal atração de Turrell – que ilumina o vazio central com faixas coloridas e proporciona uma experiência perceptiva dinâmica que expõe a materialidade da luz.

E assim surgiu a série Esferas, composta por fotografias abstratas, que exploram a percepção da luz, da cor e do espaço com luz natural e artificial. Com criatividade, Fabiana retrata movimentos esféricos em diferentes cores e ângulos. Leia+Mais→

Série Infinitude de Fabiana Tedeschi

Luz, sombra, movimento. Às vezes em preto e branco. Outras com um toque de cor.

Fabiana Tedeschi

Um jogo de luzes e sombras deu origem a Série Infinitude, da fotógrafa Fabiana Tedeschi. Composta por fotografias abstratas e atemporais, feitas em estúdio com objetos diversos, luz, sombra e alguns filtros com cor, a série traz desenhos dispostos sempre na horizontal, proporcionando ao observador uma sensação de movimento constante e infinito.

As obras estão em exposição no ateliê da artista na Avenida Cidade Jardim, em São Paulo, onde realiza um atendimento com hora marcada e expõe também outras fotografias inéditas de seu portfólio. Leia+Mais→

A fotografia como obra de arte

Fabiana Tedeschi retrata a beleza de paisagens e detalhes de forma abstrata

Fabiana Tedeschi

A fotógrafa Fabiana Tedeschi dedica-se profissionalmente à arte das imagens há cinco anos, numa paixão antiga que começou como hobby e que hoje ocupa sua alma de artista em um trabalho de fineart autoral. Apesar da curta trajetória é reconhecida no Brasil e já dispõe de um acervo de imagens que lhe renderam lindas séries.

A característica mais marcante de seu trabalho é explorar ângulos mais fechados, abusando da criatividade, minúcia nos detalhes e na paleta de cores naturais e únicas, sempre atenta à incidência da luz, sombra e movimentos. A inspiração vem de viagens a lugares inusitados, momentos de sua vida e experiências que trabalha em estúdio ou área externa. Procura materializar seus sentimentos e seu olhar por meio do clique provocando emoções e sensações diversas ao observador. Leia+Mais→

Nario Barbosa na OMA Galeria

Imagem e poesia dão o tom da mostra de Nario Barbosa na OMA Galeria, consolidando ano importante de sua carreira o artista abre exposição com obras inéditas

Nario Barbosa

No dia 27 de julho na OMA Galeria o artista sergipano Nario Barbosa abrirá sua segunda exposição individual, intitulada “Nario Barbosa: nas entrelinhas”, sob curadoria de Thomaz Pacheco, que menciona “Nario está tendo um ano muito significativo, essa sua mostra apresenta um lado mais intuitivo do artista, e um aprofundamento nas questões de arquivo e materialidade de suas obras”. Leia+Mais→

Labirinto de Christus Nóbrega

Até 31 de agosto de 2018, a Galeria de arte Hacibe Hanum, do Instituto Leo Romano, em Goiânia, recebe a exposição Labirinto de Christus Nóbrega

Labirinto

Resultado de uma investigação de cerca de três anos de Christus Nóbrega, artista paraibano radicado em Brasília. A mostra, com curadoria de Cinara Barbosa, consiste numa produção que revisita as memórias familiares, as histórias sociais e apresenta obras que têm a renda labirinto como tema central, além da metáfora para as tramas que constituem a vida.

A renda labirinto, introduzida no Brasil no século XVII por europeus, se distingue pela técnica de desfiamento do tecido, que é posteriormente preenchido com motivos florais. A curadoria mantém o propósito de ressaltar o entrelace das peças como medida das tramas diversas dessas histórias de vida, ocorridas em pequenas aldeias da Paraíba, como Chã dos Pereiras. As fotos coloridas, recortes de cenas da casa da avó de Christus, que também morou na região, pontuam os sutis desvelamentos dos processos de busca. Leia+Mais→

Thomas Baccaro na Ricardo Von Brusky

Galeria Ricardo Von Brusky abre, no dia 31 de julho, a exposição “NATURA di ACQUA e SALE” de Thomas Baccaro: a natureza dos cristais de sal, formas, cores, perfumes, nos sentidos e da solidão do infinito…

Thomas Baccaro

“NATURA di ACQUA e SALE” será a vigésima primeira individual do artista Thomas Baccaro. A exposição abre no dia 31 de julho, na Galeria Ricardo Von Brusky, no Jardim América, em São Paulo. Estarão expostas 70 imagens, no tamanho 67x100cm, ampliadas em papel 100% algodão Fine Art e impressas com pigmento mineral. O texto da exposição será do diretor, autor e ator Marcos Caruso.

A exposição será composta por duas partes que falam e conversam entre si. Nas imagens, detalhes da natureza, paisagens, cristais de sal bruto, inspiração e apropriação, o revelar do enigma através do olhar. Leia+Mais→

Fernando Velázquez na Zipper

Exposição individual de Fernando Velázquez na Zipper Galeria em cartaz até 28 de julho de 2018

Fernando Velázquez

Iceberg (Detalhe) / Fernando Velázquez

Dando sequência à sua pesquisa no campo da arte e tecnologia, o artista Fernando Velázquez apresenta sua terceira exposição individual na Zipper Galeria. Aberta no dia 21 de junho, “Iceberg” apresenta um conjunto de novos trabalhos que remetem ou exploram alegoricamente a figura do iceberg. “Enxergamos uma porção ínfima da totalidade do iceberg já que a maior parte da sua massa encontra-se submersa. Alegoricamente, poderíamos pensar que o nosso entendimento da realidade se assemelha a um iceberg já que necessariamente o campo do que conhecemos será infinitamente menor que o campo do que seria possível conhecer. O inconsciente, por exemplo, poderia ser a parte invisível de um iceberg chamado consciência”, afirma o artista. Leia+Mais→

High Revelation de Fernando Bianchi

O exagero do efeito estético é destaque de técnica criada e patenteada pelo fotógrafo Fernando Bianchi. Obras podem ser vistas em seu recém-inaugurado apê galeria, o FB ART Gallery

Fernando Bianchi

A busca pela imagem ideal inspirou o fotógrafo artístico, Fernando Bianchi a criar e patentear há aproximadamente seis anos, uma técnica de revelação digital, chamada de “High Revelation”. Trata-se de um procedimento que explora o melhor de cada fotografia tornando-as únicas.

O método permite um novo efeito estético exagerando na aura das coisas comuns engrandecendo-as. Desta forma, a fotografia passa a ter um novo viés; uma nova luz, um novo contraste. Explorando um novo ponto de vista único e valorizado o décor de projetos residenciais e corporativos. Leia+Mais→